banner
eee

MotoGP: Marc Marquez volta a vencer nos EUA, mas Rossi continua líder

A décima etapa do mundial de MotoGP™, o Grande Prémio de Indianápolis, testemunhou a vitória de Marc Márquez (Repsol Honda Team), que levou a melhor sobre Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) e Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP).

Dani Pedrosa (Repsol Honda Team), Andrea Iannone (Ducati Team) e Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3) foram os nomes que se seguiram, com Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3), Cal Crutchlow (CWM-LCR Honda), Andrea Dovizioso (Ducati Team) e Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing) completando a lista dos dez primeiros.

ee

Na largada Lorenzo assumiu a liderança, seguido de Márquez, Pedrosa, Iannone, Smith e Rossi, com Dovizioso saindo da pista na Curva 2 para voltar à corrida em último e dar início à recuperação.

Na segunda volta Lorenzo bateu o recorde do circuito pela primeira vez e Márquez mantinha-se na cola. Mais atrás, Pedrosa e Rossi eram os nomes que se seguiam, com o italiano tendo se recuperado do oitavo lugar do grid e a tentando encostar no espanhol da Repsol Honda.

Na luta pela quinta posição, Iannone e Smith sofriam os ataques de Pol Espargaró, Petrucci, Crutchlow e Redding, que completavam as dez primeiras posições nessa altura, enquanto na nona volta Jack Miller (CWM LCR Honda) ia ao chão.

Superado o primeiro terço da corrida, Lorenzo mantinha-se na liderança com Márquez em segundo, a pouco mais de meio segundo, e com Pedrosa em terceiro a 1,3s do líder; Rossi era então o quarto a menos de um segundo de Pedrosa, enquanto Iannone rodava em quinto a quase seis segundos do compatriota.

ere

Mas o ritmo aumentou na 18ª volta, altura em que a chuva fez tímida aparição no circuito. Neste momento Rossi já tinha superado Pedrosa e era terceiro, enquanto na frente tudo se mantinha na mesma.

A três voltas do final Márquez passou para a liderança da corrida e Lorenzo, apesar de ter tentado, acabou tendo de se contentar com a segunda posição final.

Já atrás dos dois primeiros tudo estava ainda em aberto, com Pedrosa recuperando por alguns momentos a terceira posição, mas Rossi não cedeu e no final acabou por garantir o 10º pódio da temporada e, com isso, a manutenção da primeira posição da classificação geral.

O triunfo entre as Open foi para Héctor Barberá (Avintia Racing), que terminou em 15º

Fonte: motogp.com

Tags Related
You may also like
Comments

Comments are closed.