banner

J. Toledo tira 16 motos de linha. Será o início do fim da Suzuki no Brasil?

Não é de hoje que os entusiastas das duas rodas observam o processo de decadência da Suzuki Motos no Brasil. Lojas fechadas, concessionários insatisfeitos, falta de motos e peças, ausência de lançamentos, tudo isso em uma triste sequência nos últimos sete anos. A crise que afeta o setor automotivo, especialmente o setor de motocicletas abalou gigantes como Honda e trucidou marcas menores, como a praticamente extinta Kasinski. A marca de Hamamatsu não passou incólume e em grande parte pela péssima gestão do grupo J. Toledo (Representante da Suzuki motos no Brasil) vem sofrendo com vendas baixas e perda de share de mercado.

Arquivo 08-06-17 13 52 13

Nesta semana a marca divulgou um comunicado para os clientes do consórcio Suzuki (conforme foto acima) informando a descontinuidade de, nada mais nada menos, 16 modelos. Praticamente 80% do Line-up atual foi tirado de linha, restando apenas os modelos com lançamento mais recente, como as V-Strom 650 e 1000. Um claro indício de que a história da marca com a J. Toledo no Brasil está chegando ao fim. Preocupante para concessionários e muito mais para os clientes, que correm o risco de serem completamente abandonados e terem suas motos totalmente desvalorizadas. Fica aqui nossa torcida para que a Suzuki Matriz assuma a operação no Brasil, como fizeram Ducati e Harley-Davidson

Tags Related
You may also like
Comments